O Espiritismo é o conjunto de leis morais que disciplinam as relações do "Mediunismo" entre o plano visível e o invisível, coordenando também o progresso espiritual de seus adeptos. Mas os fenômenos mediúnicos começaram a ocorrer muito antes de ser codificada a doutrina espírita, assim como também podem se registrar independentemente de sua existência. Sem dúvida, temos que distinguir que a mediunidade é uma manifestação que pode ocorrer independentemente do Espiritismo; o primeiro é uma "faculdade", que pode não estar sujeita a doutrinas ou religiões; o segundo é "doutrina" moral e filosófica codificada por Allan Kardec, cuja finalidade é a libertação do homem dos dogmas asfixiantes e das paixões escravizantes.

Intuição e mediunidade são termos normalmente associados ao Espiritismo no entanto podem existir bons médiuns, mesmo ignorando as obras de Allan Kardec e que professem outras crenças como o Catolicismo, o Protestantismo, a Teosofia, o Esoterismo, o Budismo, o Islamismo, o Hinduísmo e o Judaísmo ou que pertençam à diversas ordens iniciáticas como a Maçonaria, Rosa-Cruz, Templários, etc. e que possuem alto critério espiritual, mesmo alheios aos postulados espíritas.

Isso porque todas as pessoas possuem um certo grau de mediunidade, sabendo ou não deste fato. Há vários tipos desse dom do ser humano, o mais comum e que cada um de nós já pôde experimentar algum dia é a intuição. Intuição é uma palavra de origem latina "In tueri" que significa "olhar para dentro". Quem nunca teve um pressentimento de fatos felizes ou tristes em sua vida e que algum tempo depois se concretizou ? Quem nunca ouviu aquela voz interior elogiando ou criticando uma atitude tomada ?. Você já apostou numa rifa com a certeza de que acertaria o número premiado ?.

Todo mundo nasce com essa vocação, o difícil é coloca-la em prática. Na correria do dia a dia, quase ninguém tem tempo, vontade e paciência para ouvir os sinais da intuição, e sem esses ingredientes , não é possível captar as mensagens enviadas por ela antes de tomar uma decisão.

A mediunidade permite o intercâmbio entre as duas dimensões principais que formam a nossa vida : a material ( Corpo ) e a imaterial ( Espírito ). A intuição não é truque, ela faz parte da natureza humana e age no lado direito do cérebro, responsável pelas emoções. Quando uma mensagem intuitiva brota na mente, o lado direito do cérebro encaminha essa mensagem para o lado esquerdo, que é ligado ao intelecto e a razão. No momento em que essa informação é interpretada, o organismo libera substâncias químicas, que estimulam a atividade cerebral. Por isso a pessoa tem a impressão de que algo vai acontecer. Nesse instante, sente o coração bater mais rápido, pode suar e ficar com a pele avermelhada.

Esse processo é defendido pela neurologia, a área da medicina que estuda o funcionamento do cérebro. Porém os místicos têm outra explicação; para eles, a intuição é "soprada" pelo plano Divino, seja por meio dos Anjos ou de "Espíritos do Bem". Esses seres de luz beneficiam as pessoas com a capacidade de intuir para que elas se apeguem menos aos bens materiais e possam reconhecer a importância dos valores espirituais para a evolução da alma.

Os místicos vão mais além , segundo eles, é possível não apenas usar a intuição para receber auxílio no presente, como também recorrer a esse dom para lembrar de acontecimentos experimentados em outras vidas, corrigindo os erros do passado. Quantas vezes você já foi apresentado a uma pessoa e teve a impressão de que o rosto dela lhe é familiar ? Pode ser obra de sua intuição, que o(a) desperta para uma outra época em que você e essa pessoa compartilharam momentos, sejam eles bons ou ruins. Por algum motivo, a sua memória é ativada para que juntos, possam "acertar as contas" na existência atual e prosseguir no desenvolvimento espiritual.

Os sonhos também podem ser canais de expressão da sua intuição, muitas vezes, forças espirituais transmitem conselhos ou avisos durante o sono. Quem sonha com a morte de uma pessoa querida e esse fato se confirma, deve aceitar esse aviso como uma preparação emocional para aquele acontecimento. Mas os sonhos não são apenas mensageiros de eventos infelizes, muitos cientistas fizeram grandes descobertas por meio de mensagens recebidas enquanto dormiam. Friedrich Kekulé em 1865, sonhou com uma estranha cadeia molecular, acordou assustado, porque o sonho havia lhe revelado a fórmula do benzeno, utilizado na fabricação de inseticidas e plásticos em geral.

Você pode "ouvir" o que os seus sonhos dizem. Habitue-se a anotar num caderno as imagens trazidas pelo inconsciente assim que acordar. Dessa forma, ficará mais próximo(a) das suas emoções e, portanto sensível ao poder da sua intuição.

A história está repleta de fatos curiosos que atestam a validade da intuição. Júlio Rasec tecladista dos Mamonas Assassinas, deixou gravado em vídeo o seu mal pressentimento em relação ao acidente que se confirmou em março de 1996, onde ele e os amigos perderam a vida em um acidente de avião. James Dean, ignorou o alerta feito por um amigo de que sofreria um acidente automobilístico, uma semana depois bateu com seu Porshe que havia comprado há uma semana e morreu na hora.

É preciso estar preparado para conviver com uma intuição forte, pois como podemos constatar nem sempre as mensagens são agradáveis. Ficamos deprimidos quando reconhecemos a nossa impotência diante de fatos que conseguimos prever, mas que não podemos evitar. Muitas vezes ficamos com a impressão de que fomos nós que provocamos aquele fato, o que não é verdade. Por essa razão é preciso praticar diariamente rituais e exercícios espirituais, como : mantras, orações, meditação e boas leituras, para que nosso espírito possa suportar a carga emocional que acompanha essas premonições.

O êxito do trabalho intuitivo e mediúnico depende muito mais de renúncia, desinteresse, humildade e ternura de seus praticantes do que de qualquer manifestação fenomênica espetacular, que empolga os sentidos físicos mas que não converte o espírito ao Bem.

Freqüentemente nos perguntam se intuição é apenas um dom ou pode ser desenvolvida, e a resposta é : Intuição é um dom que precisa ser exercitado para desenvolver-se.

Saiba que todo mundo tem um pouco de intuição, basta exercitá-la, acredite mais nos seus pressentimentos e saiba que nem tudo no Universo tem explicação científica. Para ativar o seu dom, fique algum tempo só, não seja tão racional e preste mais atenção à sua voz interior. Você descobrirá um Universo maravilhoso no seu interior !

Veja à seguir alguns exercícios que podem facilitar o desenvolvimento da sua intuição.

Atenção : Quando decidir fazer um ritual, é preciso estar convencido(a) totalmente do sucesso final e visualizar o resultado. Em momento algum deve passar pela sua mente a idéia de fracasso. Desejar o resultado, com todas as forças positivas do pensamento, é garantir as energias necessárias para obter o sucesso esperado.

Exercícios para despertar a intuição

1 - Tradição Oriental
Relaxamento.
Em um ambiente tranqüilo, deite-se e respire profundamente.
Feche os olhos ao som de uma música instrumental.
Procure eliminar de sua mente qualquer pensamento negativo.
Se adormecer, preste atenção nos seus sonhos.
Escreva sobre o que sentir ou sonhar sem censura.
Fuja do estresse caminhando em bosques e jardins, de preferência com os pés descalços.

2 - Tradição Cristã
Ritual Para Desenvolver a Intuição.
Vá a um local tranqüilo, acenda um incenso de artemísia ( ou outro de sua preferência ), relaxe o seu corpo e pense nas coisas que gostaria de prever. Depois guarde as cinzas do incenso numa caixinha e coloque num lugar onde ninguém mexa ( seu altar por exemplo ).
Quando quiser descobrir algo, segure a caixinha e reze o salmo 91.

SALMO 91
( A segurança daquele que se refugia em Deus )

Aquele que habita no esconderijo do Altíssimo,
à sombra do Onipotente descansará.
Direi do Senhor: Ele é o meu Deus, o meu refúgio,
a minha fortaleza e nele confiarei.
Porque ele te livrará do laço do passarinheiro,
e da peste perniciosa.
Ele te cobrirá com suas penas,
e debaixo das suas asas estarás seguro
A sua verdade é escudo e broquel.
Não temerás espanto noturno,
nem seta que voe de dia.
Nem peste que ande na escuridão,
nem mortandade que assole ao meio dia.
Mil cairão ao teu lado, e dez mil à tua direita,
mas tu não serás atingido.
Somente com os teus olhos olharás
e verás a recompensa dos ímpios.
Porque tu, ó Senhor, és o meu refúgio!
O Altíssimo é a tua habitação.
Nenhum mal te sucederá,
nem praga alguma chegará à tua tenda.
Porque aos seus anjos dará ordem a teu respeito,
para te guardarem em todos os teus caminhos.
Eles te sustentarão nas suas mãos
para que não tropeces com o teu pé em pedra.
Pisarás o leão e o áspide,
calcarás aos pés o filho do leão e a serpente.
Pois que tão encarecidamente me amou também
eu o louvarei; po-lo-ei num alto retiro,
porque conheceu o meu nome.
Ele me invocará, e eu lhe responderei;
estarei com ele na angústia,
livra-lo-ei, e o glorificarei.
Dar-lhe-ei abundância de dias
e lhe mostrarei a minha salvação.

3 - Tradição Wicca
Ritual das Velas – para ativar a clarividência e a intuição.

Material :
 •  Uma vela branca,
 •  Três velas azuis ou violeta,
 •  Caldeirão,
 •  Água da fonte, de chuva, filtrada ou mineral (sem gás),
 •  Folhas secas,
 •  Incenso,
 •  Uma pedra da lua ou ametista.

Totalmente nu(a) ou com uma veste ritual branca, na hora da lua (Veja tabela no final da página);
Pegue seu material, risque com giz o círculo mágico no chão;
Entre no círculo com todo o material;
Coloque a água dentro do caldeirão, acenda as velas e o incenso;
A vela branca deve ficar junto ao caldeirão, as velas azuis ou violeta devem cercar você e o caldeirão, formando um triângulo;
Invoque a Deusa e o Deus.

Diante do caldeirão, com as palmas das mãos voltadas para ele, diga em voz alta:

"Minha amiga lua, irmã e mãe!,
limpa as nuvens de minha visão.
Revela o que está oculto.
Mostre-me o que preciso saber.
Revela-me a verdade.
Para que eu possa escolher
o caminho mais sábio."

Faça alguns minutos de meditação. Sinta a energia fluindo. Pegue as folhas secas e jogue-as em torno de você e do caldeirão, pronunciando as seguintes palavras :

"Eu atraio as forças místicas.
Eu chamo as forças da natureza.
Eu recebo as respostas.
A verdade me é desvelada".

Pegue a pedra da lua ou ametista, coloque-a no caldeirão. Imponha suas mão sobre a água e faça a pergunta que desejar. Pegue a vela branca e vá pingando a cera dentro do caldeirão. A cera formará uma imagem que revelará o que você deseja saber. Para terminar o ritual, agradeça às entidades que estiveram presentes, desfaça o círculo e apague as velas. Retire sua pedra do caldeirão enxugue e guarde. A água, as velas e as folhas deverão ser jogadas fora, em água corrente ou em uma mata, praça ou parque.

Obs : Este Ritual é também muito utilizado para a ativação da intuição de iniciados em diversas artes divinatórias tais como : Tarô, Runas, I-Ching, Astrologia, Numerologia, etc.

Carlos Roberto ( Amon Sol )

TABELA DE HORAS DA LUA
SEGUNDA
TERÇA
QUARTA
QUINTA
SEXTA
SÁBADO
DOMINGO
7-14-21-00
11-18-4
8-15-22-1
12-19-5
9-16-23-2
13-20-6
10-17-3


Assuntos relacionados

 • AURA • CHAKRAS • VIDAS-PASSADAS • RELIGIÕES • XAMANISMO • WICCA • 

DESEJAMOS E OFERECEMOS PAZ AOS POVOS DA TERRA