Silvio Guerrinha  •  Guia Espiritual  •  Direto de Portugal

ETERNIDADE

Ourobos. Este símbolo Alquímico simboliza o ciclo eterno, o fim e o principio tocam-se num mesmo ponto, simboliza a continuidade da vida. Num antigo manuscrito alquimico vê-se a serpente com metade da cauda preta (a terra, a noite) e metade branca (o céu, a luz).

« A Eternidade » ... por: Silvio Guerrinha , 23/03/2002 Santo André-Portugal

Todos trazemos no interior as conhecidas dúvidas existenciais: Quem sou eu?...De onde venho..., para onde vou? O que é o tempo?, etc..
Eu desde pequeno carreguei várias dúvidas, as quais me levaram a reflectir, a escrever, a procurar a minha espiritualidade, hoje saciei nela algumas dúvidas, mas muitas ainda permanecem...

A Eternidade é algo sem fim e sem início? Suponho que se for sem fim e sem início deve ser cíclica, o fim e o início podem ser o mesmo ponto de partida...assim não há nem inicio nem fim. Se for algo circular, foi criado de um ponto exterior, alguma entidade Superior exterior ao tempo e à Eternidade mas ao mesmo tempo contido neles... isso remete-me para um Deus, sim existe um Deus...

A Eternidade tal como o Universo é algo que se expande, o que se expande vai alcançando um espaço onde não existia antes, não conheço os limites do Universo, mas se ele está em expansão quer dizer que em certos lugares ele não existe ainda mas há-de existir, é um pouco confuso para a nossa consciência humana. Se o universo, assim como o tempo e a Eternidade fossem cíclicos (como o símbolo Ourobos) seriam sempre existentes,sem um fim,o ponto de chegada seria o ponto de partida...

Tal como o tempo,existe passado e futuro? Eu acho que existe Presente eterno,sim o que estou fazendo agora é o Presente, mas já passou a ser Passado, e o futuro é o que estarei fazendo daqui a pouco...!

Se eu for numa estrada, essa linha é o presente, o que está para trás das costas eu percorri (é o passado) e o futuro é o que tenho pela frente,mas a linha onde caminho é uma só, (o] presente...infinito)

O presente prolonga-se, mas o tempo pode ser eterno e circular, o presente seria um círculo, o passado é o ponto de partida, e o futuro será o que está em frente, mas ao dar a volta o tempo volta a passar pelo mesmo ponto, talvez aí nós sintamos uma recordação (um déja-vu, sensação de já ter vivenciado uma coisa, de já ter dito ou ouvido essa mesma coisa), talvez nesse ponto crucial o nosso inconsciente possa irromper o tempo e prever o futuro breve (o caso de psíquicos, videntes, profetas).

Ou mesmo, como dizem os Hindus, eles chamam ao colar de pérolas de reencarnações: "Samsara", é um ciclo de vidas, o déja-vu poderia ser a repetição de um acontecimento (de outra vida) e sentimos que já vivemos aquilo,para quê a repetição? Para corrigir algum erro passado, e se agirmos de modo igual, essa situação vai-se repetindo noutras vidas até a corrigirmos.

Valeu a reflexão, por enquanto nada mais podemos fazer senão opinar sobre o assunto, mas pensar faz-nos ir a horizontes mais Além, talvez um dia se erga o Véu.

Segundo a lei da evolução, ao longo de muitas reencarnações, muitas vidas, muitos milhares de anos eu seja uma alma mais evoluída, aí eu direi para mim sorrindo:
«Era tão simples!.. E eu não percebi o que era a Eternidade!...»

O corpo não é eterno, mas o espírito que o anima é, o espirito é eterno, e o que dá vida e força ao espírito é o pensamento positivo, pensar é existir, pensamento é vida, sejamos então conscientes de Uma Divindade Superior, e assim seremos eternos, rumo ao infinito, em direcção ao Pai Celeste que nos espera lá no Alto.
A Luz ilumina o caminho mas não se acende sozinha, nem encurta as distâncias...

É preciso que a gente dê o primeiro passo!

Todas as opiniões e recomendações são de responsabilidade do autor.

Colaborador : Silvio Guerrinha
Portugal
Email : Silvio_g@hotmail.com

Leia outros textos do autor

 • MAGIA-PRÁTICA • RADIESTESIA •  CONVIDADOS • 

DESEJAMOS E OFERECEMOS PAZ AOS POVOS DA TERRA