O termo Esoterismo, origina-se do grego " Esoterikos ", que significa " Interno " Esoterismo é a doutrina que se oculta às pessoas comuns e se revela apenas aos iniciados, em contraposição ao conhecimento exotérico ( externo e público). Transcende à formas e dogmas, e pode, por sua universalidade essencial, conciliar os múltiplos e aparentemente divergentes aspectos da verdade.

Iniciar-se no Esoterismo é adquirir o conhecimento direto da verdade, somente acessível aos moral e intelectualmente preparados, por meio de estudo dos símbolos e alegorias, meditando no seu significado interno, utilizando-se da intuição para a realização das instruções recebidas. Jesus em ( Mat.13:11 e 13. ), nos revela que seus ensinamentos tinham uma parte oculta e outra pública: " ... Porque a vós vos é dado conhecer os mistérios do reino dos céus, mas a eles não lhes é isso dado... Por isso lhes falo em parábolas, porque vendo, não vêem; e ouvindo, não ouvem, nem entendem."

No "Tratado Primeiro" de Roberto de Fluctibus, encontramos os sete ramos principais da tradição esotérica ocidental, são eles : Piramidologia, Quiromancia, Memória, Fisiognomonia, Astrologia, Geomancia e Profecia, base de todas as técnicas adivinhatórias, algumas classificadas como ciências e outras como oráculos. Porém para tornar-se um Mago, não basta memorizar os significados dos sinais, símbolos e alegorias, ter predisposição para a adivinhação e utilizar-se de sua inteligência para predizer o futuro.

Para o iniciado o Tarô , a Geomancia, a Astrologia e outras técnicas das artes adivinhatórias, são apenas ferramentas que utilizará para entrar em contato com o fluxo das energias emanadas pelo consulente, que o orientarão na escolha da Carta, Naipe, etc., afim de obter as respostas. Todo trabalho esotérico, compreende uma série de exercícios ritualísticos, envolvendo Mantras, Mandalas e Orações, com o propósito consciente da busca de forças que o permitirão entrar no espaço esotérico do outro. E orientado pela inteligência e experiência, buscar interpretar os sinais que se manisfestarão através dos símbolos.

Nos sinais estão ocultas as verdades sagradas contra os não iniciados, numa linguagem própria que somente os qualificados, poderão decifra-las e compreende-las. O sinal é a iluminação, o despertar de um sentimento que pode ocorrer através de um símbolo, um gesto, uma lembrança, intuição, idéia, luz. O sinal é o significado do símbolo que permite abrir uma "passagem" através das inúmeras portas dos "Templos" que o Mago irá penetrar.

Para que o Mago obtenha sucesso em suas previsões, leituras, encantamentos, etc. é necessário o consentimento do consulente, uma vez que aquele que penetrar o "Templo" alheio sem permissão, estará agindo contra os princípios éticos que o iniciado jurou respeitar quando de sua iniciação nos mistérios sagrados. E se, mesmo assim, violar este juramento, estará atraindo para sí o "Karma" daquele cujo "espaço esotérico" foi invadido.

"Peça licença ao SENHOR para adentrar neste universo que é a Magia, tire dela o melhor proveito, sem atingir nem magoar ninguém"

Que assim seja !!!

Carlos Roberto ( Amon Sol )

Assuntos relacionados

 • AURA • WICCA • EGITO • CIGANOS • INTUIÇÃO • XAMANISMO • 

DESEJAMOS E OFERECEMOS PAZ AOS POVOS DA TERRA